Artigos relacionados

Na montra

capa_guia_torga.jpg

Foi finalmente publicado e disponibilizado o catálogo da pintura restaurada do Museu de Leiria. É um livro a cores de 176 páginas que tem por título “Colecção de Pintura, Séculos XVI-XVII – Museu de Leiria” e é da autoria de Jorge Estrela. Produzido pela Textiverso, com a coordenação editorial de António Luís Ferreira e a colaboração de Carlota Simões, este livro é uma edição da Câmara Municipal de Leiria / Museu de Leiria e foi apresentado precisamente naquele Museu no dia 24 de Setembro de 2016.

A sessão em que se integrou a apresentação deste livro póstumo de Jorge Estrela (o autor faleceu em 1 de Janeiro de 2015) constou de uma tertúlia alargada que visou “Recordar Jorge Estrela” e que encerrou com a intervenção do Presidente da Câmara, Raul Castro.

 

Esta jornada de homenagem a Jorge Estrela começou com um almoço em que participaram vários dos interventores na tertúlia a que se seguiu a sessão evocativa na sala do Capítulo do Convento de Santo Agostinho onde se encontra instalado o Museu de Leiria. Abriu esta sessão o Vereador da Cultura Câmara, Gonçalo Lopes, sucedendo-se depois as intervenções previstas de: Inês Thomas Almeida (“O meu tio Jorge Estrela”), Vítor Serrão (“Jorge Estrela, historiador e crítico de arte”), Sylvie Deswarte (“Jorge Estrela, história de um encontro, 2013-2014”), Marisa Castro (“Jorge Estrela, artista também na micologia”), Martinha Henrique (“Jorge Estrela, História da Arte e Dermatologia”), Rui Ribeiro (“Um jardim para Leiria segundo Rodrigues Lobo”) e António Marques da Cruz (“Jorge Estrela, um esteta do vinho”). António Luís Ferreira foi o moderador da sessão. O Presidente de Câmara de Leiria, Raul Castro, encerrou a sessão lembrando a figura prestigiada de Jorge Estrela enquanto leiriense e historiador de arte assumido, perspicaz e incansável, obreiro incontornável do processo que devolveu a Leiria o significado e a cor das suas pinturas e que agora culminou com a edição deste livro bonito e dos mais importantes que sobre Leiria se escreveram nos últimos tempos.

Com esta edição e a exposição progressiva, no Museu, das obras restauradas, cumpre-se o objectivo que era restaurar uma boa parte do património artístico de Leiria e torná-lo acessível ao público num espaço que o destaque e o dignifique. Outros trabalhos de Jorge Estrela aguardam publicação. E Leiria muito ganhará com a sua edição.