Artigos relacionados

Na montra

capa_Andedotas.jpg

Na livraria Salta Folhinhas, no Porto, foi apresentado, no dia 23 de Maio de 2015, o livro “A Plantinha dos meus Pais", produção da Textiverso, com texto de Manuela Ribeiro e ilustrações de Nídia Nair, ambas presentes na sessão.

A par da apresentação do livro, o público pôde ver uma exposição dos originais das ilustrações. No final, enquanto decorria um debate sobre o tema "adopção", de que trata o livro, as crianças presentes participaram num ateliê de artes plásticas dinamizado pela ilustradora, Nídia Nair.

 

Leiria foi o local escolhido para o lançamento do livro “Diário de Ana Joana: 12 anos, 1,36 m de altura”, da autoria de Raquel Ramos, com ilustração da capa de Gonçalo Viana. Foi no dia 23 de Maio de 2015, na Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira. O livro foi editado pela Textiverso e tem 160 páginas.
A apresentação foi feita pela Dra. Cláudia Mota, do Agrupamento de Escolas de Colmeias, e contou com a colaboração de alguns alunos: a Adriana Martins com um apontamento musical (flauta) e ainda a Bruna, a Andreia e o Guilherme que leram trechos do livro. A Dra. Ângela Pereira, da Biblioteca, fez as apresentações e moderou a sessão, com sala cheia, onde estiveram também presentes a Vereadora da Educação e Bibliotecas, Dra. Anabela Graça, e o Presidente da Junta da União de Freguesias de Leiria, Pousos, Barreira e Cortes, José Cunha.

Um novo livro sobre a região de Leiria foi lançado a 21 de Maio de 2015, nas vésperas do Dia da Cidade. Trata-se de “Elites Políticas de Leiria: 1910-2000”, da autoria de Acácio Fernando de Sousa. Tem 350 páginas mais um CD correspondente a quadros prosopográficos dos órgãos políticos e organizações de interesse. É uma edição da Textiverso, n.º 28 da colecção “Tempos & Vidas”. A apresentação decorreu na sede da Fundação Caixa Agrícola de Leiria e foi feita pelo Professor Pedro Tavares de Almeida. Para além do autor e do apresentador, estiveram na mesa o editor, Carlos Fernandes, o Presidente da Fundação, Mário Matias, o Presidente da Junta da União de Freguesias de Leiria, Pousos, Barreira e Cortes, José Cunha, e o Presidente da Câmara, Raul Castro.

Passaram, no dia 19 de Março último, 200 anos sobre o falecimento de D. Manuel de Aguiar, 19.º Bispo de Leiria. Para evocar esta efeméride, foi lançado um livro que constitui uma reedição fac-similada da 1.ª edição, datada de 1885 e atribuída a Vitorino da Silva Araújo. Tem por título “Um Bispo Segundo Deus, ou Memórias para a Vida de D. Manuel de Aguiar”, é uma co-edição da editora Textiverso e da Santa Casa da Misericórdia de Leiria, com o apoio do Eng. Ricardo Charters d’Azevedo, e conta com 462 páginas. Destas, 346 correspondem ao livro fac-similado. As restantes são compostas por uma Introdução, por “Uma palavra do Provedor” e ainda por um significativo conjunto de anexos constituídos: por um fac-simile da “Memória Biográfica do Exm.º D. Manuel de Aguiar”, publicada no “Jornal de Coimbra, em 1816; pelo assento de óbito do Prelado; pelo fac-simile da “Oração fúnebre”; por comentários do P. Inácio José de Matos sobre o autor e o seu livro; e pela biografia e outros elementos sobre Vitorino da Silva Araújo.

O lançamento deste livro foi feito no auditório da Santa Casa da Misericórdia de Leiria perante uma plateia de meia centena de pessoas. Na mesa estiveram o editor, Carlos Fernandes, o apresentador, Professor Carlos Guardado da Silva, a Vereadora da Educação da Câmara de Leiria, Dra. Anabela Graça, e o actual Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Leiria, Dr. Fernando Lopes.

severim02

No âmbito das comemorações dos 500 anos do Foral Manuelino de Maçãs de D. Maria (1514-2014), concelho de Alvaiázere, a respectiva Junta de Freguesia promoveu uma série de palestras alusivas à história local. No dia 22 de Fevereiro de 2015, o auditório da autarquia encheu para acolher três intervenções: a do Dr. Paulo Alcobia Neves, com “A importância das Cinco Vilas e Arega na história do naturalismo em Portugal”; a do Eng. Ricardo Charters d’Azevedo, com “Jornada de Manuel Severim de Faria a Maçãs de D. Maria, em 1625”; e a do Dr. Mário Rodrigues, com “Viagens e Comunicações pelas terras das Cinco Vilas”.

Na circunstância, o Eng. Ricardo Charters d’Azevedo lançou e ofereceu a todos os presentes um livro onde constava, a sua intervenção e um extenso anexo sobre Dona Maria Pais Ribeiro (a "Ribeirinha"), dama ligada às origens de Maçãs de D. Maria. Tem por título “Manuel Severim de Faria e a sua ida a Maçãs de D. Maria”, conta 96 páginas e foi produzido pela Textiverso.

 

monog pedreiras01

Decorreu no Salão paroquial das Pedreiras (Porto de Mós), na tarde do dia 20 de Dezembro de 2014, o lançamento do livro "Pedreiras – A sua história e outras histórias", de Armindo Vieira, que foi apresentado pelo Dr. António Alves. A edição é da Junta de Freguesia das Pedreiras, sendo a produção do livro, de 112 páginas, da responsabilidade da Textiverso.
Durante a sessão, que contou com sala cheia, houve algumas intervenções musicais, designadamente de um dueto de jovens, Rúben e Ana Isabel, respectivamente com violino e violoncelo, mas também de um grupo de senhoras que cantou três hinos das Pedreiras transcritos (letra e música) no livro, e ainda uma leitura de versos, por Adelaide Alpearça. A edição do livro assinalou também o 90.º aniversário da criação da paróquia e freguesias das Pedreiras, do concelho de Porto de Mós.
Na mesa, para além do autor e do apresentador, estiveram o Presidente da Câmara Municipal de Porto de Mós, Eng. João Salgueiro, e o Presidente da Junta de Freguesia das Pedreiras, Rogério Vieira, o Pároco, P. Sérgio Fernandes, e o representante da editora, Carlos Fernandes, que moderou a sessão.

report pensar div01

Num espírito de colaboração com a Associação Cultural e Recreativa Nascente do Lis, das Fontes (freguesia de Cortes, Leiria), o mensário regional Jornal das Cortes promoveu naquela colectividade, no dia 6 de Dezembro de 2014, o lançamento do livro “Pensar diverso & outras claridades”, da autoria de Luís Vieira da Mota, colaborador do periódico e residente no lugar da Abadia. O livro tem 208 páginas e é uma edição do próprio jornal, com produção da editora Textiverso, de Leiria.
A apresentação esteve a cargo do professor Vítor Cordeiro Gonçalves, também ele colaborador do jornal, que sublinhou alguns aspectos biográficos de autor e leu alguns extractos do livro para corroborar as considerações feitas sobre Luís Vieira da Mota a respeito das suas crónicas e da sua capacidade de intervenção em face da leitura do quotidiano e das atitudes dos homens.

report cadernos3 01

O 3.º volume dos Cadernos de Estudos Leirienses foi lançado no dia 6 de Dezembro de 2014 na Biblioteca Municipal da Nazaré, com apresentação a cargo do Professor Saul António Gomes e do Mestre Carlos Fidalgo, com uma plateia de dimensão assinalável a assistir. Este volume tem 432 páginas e trabalhos de 23 investigadores do Distrito de Leiria.
Na mesa estiveram ainda o editor, Eng. Carlos Fernandes, e o Vice-Presidente da Câmara Municipal da Nazaré e Vereador do Pelouro da Cultura, Dr. Manuel Sequeira.
Conforme escrevera na introdução a este volume, o Professor Saul Gomes reiterou que os Cadernos «têm vindo a concitar uma crescente adesão por parte de investigadores regionalistas e também por parte dos seus públicos», acrescentando que o número de páginas impressas do 3.º volume «é revelador da potencialidade científica de Leiria e da sua região enquanto espaço e sujeito de estudo no domínio das ciências sociais e humanas».

vend sapatos01

Amigos, conhecidos e interessados curiosos participaram, no dia 19 de Outubro de 2014, na sessão de lançamento do livro “Vendedor de Sapatos”, da autoria de Nídia Nair, que concebeu não só o texto mas igualmente as ilustrações. É um livrinho de 24 páginas, a cores, produzido pela Textiverso, que tem como alvo o público infanto-juvenil. A apresentação, que esteve a cargo da professora Helena Espírito Santo, decorreu na galeria da Fundação Caixa Agrícola de Leiria (ao Terreiro) e contou ainda com uma graciosa coregrafia da responsabilidade da bielo-russa Inesa Markava.

lilia rep01

José Capote Gonçalves volta a assinar um livro da sua autoria, o terceiro, desta vez uma ficção com o título “Lília”. Trata-se de um romance com 240 páginas, produzido pela Textiverso, cujo lançamento foi feito em Cascais, no dia 11 de Outubro de 2014, na Estalagem Senhora da Guia, à Estrada do Guincho. O livro contempla um pequeno álbum de fotografias que ilustram a capeia arraiana, típica da região de onde o autor é oriundo.
Na sessão de apresentação, para além de José Capote e do representante da Textiverso, Carlos Fernandes, estiveram a Doutora Maria Máxima Vaz, historiadora natural do concelho do Sabugal, e Patrícia Müller, escritora e guionista.

cadernos 2 reportagem

Fazendo jus ao desígnio da descentralização, o lançamento do 2.º volume dos “Cadernos de Estudos Leirienses” decorreu no Café Concerto do Teatro Cine de Pombal, na tarde do passado dia 20 de Setembro de 2014, com apresentação do Prof. Doutor Saul António Gomes e do Dr. Nelson Pedrosa. Este 2.º volume tem 262 páginas (o 1.º tinha 224) e é uma edição da Textiverso, de Leiria, com o apoio do Eng. Ricardo Charters d’Azevedo e a colaboração de cerca de duas dezenas de investigadores.

A sessão, inicialmente prevista para o castelo de Pombal, teve de ser transferida para o Teatro Cine devido à chuva abundante que se fez sentir na ocasião. Para além dos apresentadores, estiveram ainda na mesa o Presidente da Câmara de Pombal, Dr. Luís Diogo Mateus, e o representante da Textiverso, Eng. Carlos Fernandes.