AGENDA

INSTALAÇÕES DA TEXTIVERSO

A Textiverso continua a manter o seu escritório em Leiria, com o seguinte endereço:

R. António Augusto Costa, n.4 

2415-398 Leiria

Telefone: 244 881 449

Telemóvel: 91 474 2273

 

BREVES

Visualizações de artigos
1644131

Temos 215 visitantes e 0 membros em linha

Site 15 de larg e 72 dpi

Joaquim Manuel da Silva Grácio, paralelamente à sua atividade pedagógica, tem desenvolvido com proficiência vários estudos históricos, etnográficos e sociológicos a respeito do território de Trás-os-Montes e Alto Douro, com particular enfoque no concelho de Alijó.

O seu labor historicista remonta a meados da década de 80 do século passado com a publicação da Monografia de Sanfins do Douro (1985), o Cancioneiro de Sanfins do Douro (1985), e Contos do Vilarelho (1986), obras de relevância para a salvaguarda e promoção do Património Cultural Imaterial. O literato, que nasceu em Sanfins do Douro em 1953, tem produzido abundante bibliografia sobre a região em apreço, dissertando sobre os aspetos da religiosidade popular local, em trabalhos publicados na renomada revista Estudos Transmontanos e, mais recentemente, na Memória Rural, dando destaque aos valiosos subsídios históricos e sociais do concelho de Alijó.

O livro Memórias do Sótão e Outras Memórias reúne um conjunto de crónicas publicadas no jornal quinzenário Nordeste Cultural e alguns escritos inéditos. Nas palavras do escritor, pretende «divulgar hábitos, costumes, tradições e figuras da comunidade que a evolução e o progresso deixaram irremediavelmente para trás.»

Assumindo a centralidade do património na vida da comunidade sanfinense, esta obra sistematiza, analisa e descreve os diferentes aspetos culturais, sociais e económicos da localidade, tornando-se a sua leitura uma ferramenta indispensável para a preservação da memória coletiva e compreensão da identidade cultural regional. A obra com a chancela da Textiverso integra a coleção Memória e Património.

De assinalar que o autor oferece todos os proveitos económicos decorrentes da venda dos livros aos Bombeiros Voluntários de Sanfins do Douro, o que notabiliza e enobrece ainda mais a finalidade da publicação. Honra seja feita a Joaquim Grácio pelo serviço filantrópico que concede aos seus conterrâneos. 

 André Camponês     (Coordenador editorial)                                                                                                                                                                                                                                                           

 

capa e contracapa 15 de larg 2 72 dpi