Artigos relacionados

Na montra

op_marmelada_capa.jpg

Recreio de memórias é o título do último livro do Dr. Fernando Manuel Brites, do Soutocico (Arrabal, Leiria). Tem 612 páginas, é uma edição restrita do autor e foi produzido pela editora Textiverso, de Leiria.

O lançamento deste extenso trabalho foi feito no Clube Recreativo e Desportivo do Soutocico (de que foi um dos fundadores) no dia 23 de Janeiro de 2016, durante um almoço de familiares e amigos que reuniu cerca de 80 convivas. A apresentar esteve o próprio editor, Carlos Fernandes.

Depois de referir a já notável obra escrita de Fernando Brites, o apresentador salientou justamente a sua «experiência muito significativa neste mester de escrever, até pelo hábito salutar de sempre tomar notas dos acontecimentos». Sem desvalorizar a sua produção global, considerou “Vozes no Charco” e “O último patamar” «trabalhos de muito mérito que valem por todos». Especialmente «porque são o fruto de uma vivência muito intensa e vibrante e a leitura atenta e lúcida dos acontecimentos».

História do Senhor Sisudo que sabia Tudo Tudo, com texto de Manuela Ribeiro e ilustrações de Nídia Nair, é o terceiro volume da colecção “Para os mais pequenos”. Tem 20 páginas e foi editado pela Textiverso no mês de Outubro de 2015.

As autoras fizeram uma primeira apresentação em Lisboa, no dia 12 de Dezembro de 2015, na Cabine de Leitura, à Praça de Londres.

Depois no dia 20 Dezembro, à tarde, foi em Leiria, no Espaço Eça (à Rua Direita), com a história a ser interpretada por Frédéric da Cruz P., do grupo Leirena Teatro.

O concelho de Porto de Mós está em destaque no 6.º volume dos “Cadernos de Estudos Leirienses” que foi lançado no dia 12 de Dezembro de 2015, justamente na Ecoteca de Porto de Mós e com a colaboração desta instituição e do próprio Município de Porto de Mós. Edição da Textiverso, este volume tem 502 páginas e dedica àquele concelho catorze trabalhos, para além de muitos outros que contemplam mais de metade do Distrito de Leiria, da Nazaré até Figueiró dos Vinhos.

Presentes, para além do editor, Eng. Carlos Fernandes, o coordenador científico, Professor Saul Gomes, o Presidente da Câmara de Porto do Mós, Eng. João Salgueiro, e o arqueólogo Mestre António Jorge Figueiredo.

Uma cidade: Lisboa.

Uma praça: de Londres.

Uma cabine: de leitura, anterior posto telefónico.

Um acontecimento: apresentação pública do mais recente livro infantil escrito por Manuela Ribeiro e ilustrado por Nídia Nair, com título «História do Senhor Sisudo que sabia Tudo Tudo» e edição Textiverso.

Um par de horas bem disposto ao início da tarde do sábado, dia 12 de Dezembro de 2015.

“O Pato Torquato e a Lata Amarela” foi o tema para um poema ilustrado e editado em postal, mas igualmente para uma aventura, com mapa de percurso e tudo, desenvolvidos no dia 28 de Novembro de 2015, à tarde, na Livraria Arquivo, em Leiria. Na mesa estiveram, para além da responsável da Livraria, Carla de Sousa (autora do texto), Nídia Nair (autora da ilustração) e ainda o Padre Gonçalo Diniz, Pároco da Sé de Leiria, em representação do Centro Paroquial e Social Paulo VI.

Num ambiente que evoca o símbolo das granjas cistercienses dos coutos alcobacenses, foi apresentado no dia 21 de Novembro de 2015, na sala da Debulhadora da Cooperativa Agrícola de Alcobaça, o livro “Peregrinação na Memória – Datas e notas à volta de Cister”, de Rui Rasquilho, antigo director do Mosteiro. Editado pela própria Cooperativa, é uma produção da Textiverso e tem 284 páginas.

A sessão foi moderada pelo Presidente da Cooperativa, Dr. Manuel Castelhano, tendo a obra sido apresentada pelo Professor António Valério Maduro e, através do ex-embaixador Lauro Moreira, pelo Professor Pedro Gomes Barbosa.

Antes da apresentação, dois elementos da Academia de Música de Alcobaça contemplaram os presentes com um momento musical. Seguiu-se uma homenagem à Dra. Maria Augusta Trindade Ferreira, também antiga directora do Mosteiro, pelo Presidente da AMA – Amigos do Mosteiro de Alcobaça e autor do livro, Dr. Rui Rasquilho. Também falaram o Presidente da Câmara de Alcobaça, Dr. Paulo Inácio, o administrador do jornal “Região de Cister”, Dr. Rui Morais, e o editor, Eng. Carlos Fernandes.

A sala do Celeiro, da Fundação Caixa Agrícola de Leiria, foi o espaço escolhido para o lançamento do livro “Esta Leiria de outras eras – O meu baú de recordações”, de Joaquim Vieira (pai), numa edição da responsabilidade da Junta da União de Freguesias de Leiria, Pousos, Barreira e Cortes. Produzido pela Textiverso, o volume tem 364 páginas e foi apresentado, no dia 14 de Novembro de 2015, pelo filho do autor, igualmente Joaquim Vieira, conhecido jornalista.

Teve lugar no Porto de Portimão, no dia 29 de Setembro de 2015, o lançamento do livro “Cruzeiros Turísticos – Uma perspectiva sistémica e multidisciplinar”. Produção da editora Textiverso, com a estreita colaboração do Dr. Luís Monteiro e da Professora Ericka Amorim, este livro tem 390 páginas e dá continuidade, numa abordagem mais aprofundada, a um outro trabalho que tinha por título “Abordagem multidisciplinar dos Cruzeiros Turísticos” (Textiverso, 2012). A sessão realizou-se a bordo do navio de cruzeiros “Ocean Princess”, da companhia Princess Cruises, que assinala neste ano de 2015 o seu quinquagésimo aniversário.

A obra tem como organizadoras as professoras Cláudia Soares, Ericka Amorim e Fábia Trentin e é, como referimos, o segundo livro sobre o tema editado em Portugal, reunindo os contributos, em diversas áreas, de especialistas de universidades portuguesas, argentinas, brasileiras, espanholas e norte-americanas, num conjunto total de 14 artigos científicos, de 30 autores de diversas nacionalidades.

O excelente auditório do Edifício da Resinagem (nas imediações do Museu do Vidro), na Marinha Grande, acolheu o lançamento do 5.º volume dos  Cadernos de Estudos Leirienses que contou com a gentil colaboração da Câmara Municipal da Marinha Grande e com uma vasta plateia de cerca de uma centena de participantes. Foi no dia 12 de Setembro de 2015, pelas 16h00. Desta vez, com um especial destaque para assuntos da Marinha Grande, a edição em apreço tem 500 páginas e um leque de matérias que cobre praticamente todo o distrito de Leiria.

A apresentação geral do sumarento volume esteve a cargo do Eng. Ricardo Charters d’Azevedo que sumariou as matérias tratadas, num total de 32 estudos mais as habituais rubricas (museus, notícias, livros, homenagens, evocações, ligações e índices de revistas), apresentado um mapa do Distrito de Leiria e a distribuição homogénea por quase todos os concelhos.

 

O auditório da Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira foi a sala escolhida para a apresentação, em Leiria, do livro “A Plantinha dos meus Pais”, com texto de Manuela Ribeiro e ilustrações de Nídia Nair. Trata-se um pequeno livro, com apenas 16 páginas, edição da autora do texto, com produção da Textiverso, de Leiria. Folheia-se de baixo para cima, e não da direita para a esquerda.