AGENDA

INSTALAÇÕES DA TEXTIVERSO

A Textiverso continua a manter o seu escritório em Leiria, com o seguinte endereço:

R. António Augusto Costa, n.4 

2415-398 Leiria

Telefone: 244 881 449

Telemóvel: 917 803 137

 

BREVES

Outro livro da Textiverso no Plano Nacional de Leitura – Já está disponível a lista de livros do primeiro semestre de 2018 recomendados para o Plano Nacional de Leitura (PNL). Entre eles está mais um produzido pela Textiverso:
- Um mistério até ao fim, de Manuela Ribeiro, com ilustrações da capa e do miolo de Carmo van Damme.

Lá mais de trás já tínhamos outros livros recomendados pelo PNL:
- História que há de ser, de Manuela Ribeiro, com ilustrações da capa e do miolo de Nídia Nair.
- Diário de Ana Joana, 12 anos, 1,36 m de altura, de Raquel Ramos, com ilustração da capa de Gonçalo Viana; e
- A Plantinha dos meus Pais, de Manuela Ribeiro, com ilustrações da capa e do miolo de Nídia Nair.
E,
para o 2.º ano - Leitura Autónoma: O urso que perdera o coração, de Carlos Alberto Silva (texto e ilustrações), produção da Textiverso.

Acessos a Artigos
1341049

Temos 56 visitantes e 0 membros em linha

É com franco entusiasmo que a Textiverso convida todos os interessados para o lançamento do livro Parkinson, meu Amor, o novo romance de Isabel Pereira Rosa.

O lançamento ocorrerá no Centro Neurológico Sénior, em Torres Vedras, dia 27 de abril, sábado, pelas 16:30.

O evento contará, claro, com a presença da autora, cujo novo romance será apresentado pela professora e ensaísta Maria João Cantinho e o professor e neurologista Joaquim Ferreira, atual diretor da Secção Europeia da Sociedade Internacional de Doença de Parkinson e Doenças do Movimento (MDS).

Contamos com a vossa presença!

 Convite lançamento livro Parkinson meu Amor de Isabel Pereira Rosa

Desvelando um pouco esta nova publicação Textiverso...

A obra Parkinson, meu Amor institui-se como um romance epistolar, em que a autora desenvolve, com a mestria literária que a caracteriza, um enredo que seguimos numa sequência de cartas escritas por Sofia ao seu marido, José, que sofre da doença de Parkinson.

É através destas cartas – que Sofia lê ao marido nas suas visitas diárias ao centro neurológico onde se encontra internado e que continua a escrever-lhe sempre – que a autora explora, de forma muito autêntica e comovente, a relação humana e, sempre, amorosa deste casal, confrontado, em comum, com o trágico desta terrível doença degenerativa. Dão elas ensejo a que recordem momentos significativos do seu passado e discutam temas do presente, ajudando-os a manter a solidez dos elos que os unem e que permanecerão fortes até ao fim.

Ao mesmo tempo, dado o aturado trabalho de pesquisa desenvolvido pela autora acerca da doença de Parkinson, este romance permite ao leitor conhecer um pouco melhor esta doença neurodegenerativa, que afeta cerca de um por cento da população mundial com idade superior a 65 anos, além de muitas outras pessoas com idade inferior, e cuja prevalência tende a aumentar. Em Portugal, estima-se que haja 15 a 20 mil pessoas afetadas pela doença de Parkinson.

Nota biobibliográfica da autora Isabel Pereira Rosa