AGENDA

INSTALAÇÕES DA TEXTIVERSO

A Textiverso continua a manter o seu escritório em Leiria, com o seguinte endereço:

R. António Augusto Costa, n.4 

2415-398 Leiria

Telefone: 244 881 449

Telemóvel: 91 474 2273

 

BREVES

Visualizações de artigos
1609940

Temos 54 visitantes e 0 membros em linha

frenteverso

 EncomendarEste endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

A Textiverso, em parceria com a Várias Vozes, tem o prazer de anunciar a 2ª edição, revista e ampliada, do livro Da minha memória para vós, de Maria Aurora Pereira.

A 1ª edição deste livro destinou-se à família e amigos, como uma «surpresa» que a autora lhes quis fazer no dia 12 de Maio de 2019, data em que se reuniram para festejar o seu 90º aniversário.

A edição, nas circunstâncias, assumidamente informal, em breve se esgotou, não tendo sido possível corresponder ao número de pedidos recebidos posteriormente, por parte de ex-alunas e ex-alunos, que nunca a esqueceram e que, informados da existência da obra, manifestaram, de imediato, o desejo de a adquirirem. 

Conhecedora da natureza, qualidade e pertinência da obra, a Associação Cultural e Artística Várias Vozes decidiu, considerando-a exemplar, inaugurar, com esta segunda edição, norteada agora por um maior rigor, a série que tinha previsto lançar com o nome «Linhas de Vida», que acolheria histórias e testemunhos de vida.

Esta é a «narrativa de viagem» de Maria Aurora Pereira, que assim a sintetiza nestas suas palavras tão carregadas de poesia: «Na rocha firme pus a força do meu sonho» (uma écfrase que escreveu para um quadro de Celestino Alves, por ocasião da exposição de algumas das obras deste pintor em Leiria, em Setembro de 2020).

Trata-se, de facto, de uma viagem no espaço-tempo, amplamente documentada com textos e fotografias, que nos leva da «casa» onde tudo começou (apresentada em dísticos poéticos a acompanhar imagens carregadas de memórias), até ao ethos familiar em que viveu a infância, passando depois à abertura ao mundo, por etapas sucessivas de alargamento de horizontes: a escola primária, o «seu Liceu», o Rainha Santa Isabel –  o «coração» do livro, poder-se-á dizer –, a universidade, a  vida profissional, com o regresso ao Rainha Santa, agora como professora de Geografia, o ano no Funchal, onde efectivou, o desempenho dos cargos de vice-reitora e reitora do «seu Liceu», a experiência de leccionação após o 25 de Abril, até à última aula, a jubilação e o recomeço num novo patamar: a actividade na Associação de Antigas Alunas do Rainha Santa Isabel e no Instituto António Ferreira Gomes.

A Geografia e o Ensino são as suas duas grandes paixões e, juntas, a estrela que norteia toda a «viagem». O livro é enriquecido com os testemunhos espontâneos de colegas, de alunas e alunos − que, de certa forma, representam os tantos outros que não lhe foi possível fazer figurar no livro − que, ao longo do tempo, quiseram e souberam explicitar a admiração e amizade que os manteve em contacto com a «querida professora» Maria Aurora Pereira. Distinguida com dois louvores oficiais, mereceu ainda, no seu 90º aniversário, sentidas palavras de homenagem de Marcelo Rebelo de Sousa, na qualidade de Presidente da República (que são reproduzidas na obra).

«Vivo a minha vida em anéis crescentes» («Ich lebe mein Leben in wachsenden Ringen»), assim inicia Rilke um dos seus mais conhecidos poemas, um verso que poderia figurar como mais uma epígrafe a Da minha memória para vós.

Vivamente recomendamos a sua leitura, seguindo Maria Aurora Pereira neste seu percurso «de claridade em claridade». Os nossos parabéns à autora, narradora e protagonista!