Lurdes BredaLurdes Breda nasceu no concelho de Montemor-o-Velho, onde reside. Frequenta o curso de Línguas e Literaturas Modernas – Variante Estudos Portugueses, da Universidade Aberta.
Foi premiada em vários certames literários, quer a nível nacional, quer internacional. Em 2005 foi, também, distinguida com o Prémio “Mulheres de Valor”, uma iniciativa da Associação Fernão Mendes Pinto, em parceria com a autarquia local.
É autora de oito obras literárias e co-autora de outras quatro (três das quais editadas no Brasil): “O misterioso falcão de jalne”, “Asas de vento e sal”, “Zuleida, a princesa moura”, “Contos com Vinho Madeira – Cultura Madeirense na Forma Líquida”, “A outra face do luar”, “Folhas ao Vento”, “Casa lembrada, Casa Perdida”, “A Nuvenzinha Cor-de-Farinha”, “O Duende Barnabé e as Cores Mágicas”, “O Abade João”, “Rosa dos Ventos” e “O Piolho Zarolho e o Arco-Íris da Amizade”.
Com o intuito de promover a inclusão das pessoas portadoras de deficiência na sociedade, participa em projectos que englobam a literatura, a música e as artes de palco, em parceria com a APPACDM – Unidade Funcional de Montemor-o-Velho.
É, com frequência, convidada para actividades que visam a promoção do livro e da leitura, junto das escolas.
Colabora na revista literária online “Livros & Leituras” e em jornais de âmbito local e regional.
Mais sobre Lurdes Breda em: http://lurdesbreda.wordpress.com/.

Entrevista com a autora em:
http://www.livroseleituras.com/index.php?option=com_content&view=article&id=496:lurdes-breda&catid=64:escritores&Itemid=75