AGENDA

INSTALAÇÕES DA TEXTIVERSO

A Textiverso continua a manter o seu escritório em Leiria, com o seguinte endereço:

R. António Augusto Costa, n.4 

2415-398 Leiria

Telefone: 244 881 449

Telemóvel: 91 474 2273

 

BREVES

Outro livro da Textiverso no Plano Nacional de Leitura – Já está disponível a lista de livros do primeiro semestre de 2018 recomendados para o Plano Nacional de Leitura (PNL). Entre eles está mais um produzido pela Textiverso:
- Um mistério até ao fim, de Manuela Ribeiro, com ilustrações da capa e do miolo de Carmo van Damme.

Lá mais de trás já tínhamos outros livros recomendados pelo PNL:
- História que há de ser, de Manuela Ribeiro, com ilustrações da capa e do miolo de Nídia Nair.
- Diário de Ana Joana, 12 anos, 1,36 m de altura, de Raquel Ramos, com ilustração da capa de Gonçalo Viana; e
- A Plantinha dos meus Pais, de Manuela Ribeiro, com ilustrações da capa e do miolo de Nídia Nair.
E,
para o 2.º ano - Leitura Autónoma: O urso que perdera o coração, de Carlos Alberto Silva (texto e ilustrações), produção da Textiverso.

Visualizações de artigos
1503938

Temos 70 visitantes e 0 membros em linha

É com grande orgulho que anunciamos a apresentação da extaordinária obra Parkinson, meu amor,de Isabel Pereira Rosa, na livraria Arquivo, em Leiria.

A apresentação da obra, que contará com a presença da autora, realizar-se-á no próximo dia 28 de Setembro (sábado), pelas 16:00.

arquivo parkinson

Lembramos, para aqueles que quiserem adquirir, desde já, esta obra, que poderão fazê-lo através do serviço de encomendas textiverso: https://textiverso.com/8-news/546-disponibilizacao-de-encomenda-para-o-romance-parkinson-meu-amor-de-isabel-pereira-rosa




Anotação 2019 07 24 130609Anotação 2019 07 24 130659

Enquanto entidade parceira do projecto MotivArte, implementado e desenvolvido no Agrupamento Dr Correia Mateus pela Associação Cultural e Desportiva Corvos do Lis (conhecida de muitos pelos muitos campeonatos de xadrez ganhos a nível nacional), e pela Associação Cultural e Artística Várias Vozes (responsável pela dimensão de investigação e internacionalização da dimensão teórica do projecto), a Textiverso assume a sua nova parceria com o projecto pedagógico dos Corvos do Lis.




O lançamento de Era uma vez...e a história continua... foi, de facto, lindo e superou todas as expectativas. Esgotou-se a 1.ª e vem aí uma 2.ª edição.

Era uma vez segunda edição

 

Aqui fica o registo de dois momentos significativos deste lançamento, agradecendo à Casa da Árvore a cedência das fotos: a primeira, uma visão geral dos pequenos autores, da mesa (com a presença da Vereadora da Educação) e do público; a segunda, com o Director e as duas tutoras, Patrícia e Raquel.

 

O texto da Apresentação deste livro por Ana Isabel Marques, a organizadora desta edição inauguradora da nossa linha editorial Minitextiverso, encontra-se na nossa rubrica "Olhares", onde já estão dois textos da sua autoria. Nesta rubrica trazemos temas que apelam à reflexão, como é o caso deste.

 66461433 697425154041672 8817401939806388224 o66484183 697425610708293 2810127600612016128 o

 

 Ver também na rubrica «Olhares»:

«Um ramo não faz uma árvore: a força do espírito de equipa  (Trecho da Apresentação de Era uma vez… e a história continua)




Anotação 2019 07 14 225941

 

 

A Textiverso tem o prazer de dar conhecimento da sua parceria com a Associação de investigadores Várias Vozes, uma Associação cultural e artística que «surge como resposta à necessidade de reforçar a conexão entre a Universidade e a sociedade civil, com vista a […] contribuir para o fortalecimento de uma Educação pluralista, crítica e criativa, ambientalmente consciente e cívica, fundada nos princípios de equidade

A Várias Vozes está acessível em https://variasvozes.weebly.com/

 

«Várias Vozes tem por fim a investigação, promoção e divulgação internacional de autores e obras no campo das Humanidades, realização de iniciativas culturais, projetos e produções de âmbito científico, artístico, literário, cultural e educativo, visando contribuir, através dos seus mecanismos de edição (em diferentes suportes, físicos e digitais), para uma efetiva e generalizada transmissão de conhecimento, facilitadora da internacionalização da partilha de informação nas áreas humanistas − que lhe servem de objeto de estudo e de  intervenção − sob uma filosofia orientada para a aprendizagem ao longo da vida.»

 

Projectos em curso: 

Anotação 2019 07 14 231531

A Textiverso participa nos projectos Motivarte e Dobra.




Destacamos do Editorial de Era uma vez... e a história continua..., por Ana Isabel Marques

 

«Os textos que aqui se apresentam não foram escritos com quaisquer propósitos de publicação. Trata-se de histórias criadas pelos meninos e meninas da Casa da Árvore em resposta a um desafio lançado pelas professoras tutoras Patrícia e Raquel, de, com base num círculo negro, darem asas à imaginação e desenvolverem uma narrativa. Não é, de forma alguma, um pretexto para exibir dotes de escrita. É um trabalho espontâneo inserido nas rotinas pedagógicas da Casa da Árvore. [...]

A decisão de publicar estes textos baseou-se no pressuposto de que o processo de produção textual e a sua divulgação em forma de livro são também um estímulo do gosto pelos livros e pela leitura. Ler tem como consequência direta melhorar aptidões de escrita. Escrever desenvolve o gosto pela leitura e pelo conhecimento. Entendeu-se por bem não publicar os textos na sua totalidade. Tratou-se de uma decisão tomada por razões pragmáticas (de gestão de espaço), por uma questão de equidade (para tornar mais equilibrada a extensão dos textos) e, sobretudo, por uma questão conceptual (porque se quis arrastar o leitor para o desafio de, também ele, dar largas à imaginação, com um livro aberto e interativo).

[...] Deparamo-nos com uma variedade de temas que deve deixar toda a família da Casa da Árvore orgulhosa do caminho até aqui trilhado por estas crianças. Os textos mostram-nos crianças preocupadas com a Terra e o ambiente; crianças atentas à questão da diferença e da equidade social; crianças sensíveis ao conceito de arte e da criação artística; crianças curiosas em relação aos mistérios do cosmos; crianças conscientes da importância da fantasia e da imaginação; crianças que se propõem defender valores como a igualdade, a solidariedade e o respeito pelo Outro. 

Cabe tudo isto no círculo escuro que serviu de mote aos meninos da Casa da Árvore. [...]»




CAPA site

 

É com enorme orgulho que a Textiverso inaugura a colecção Minitextiverso.

 

A Casa da Árvore, valência do 1º ciclo da instituição de ensino particular do Jardim do Fraldinhas,

 

estreia deste modo o projecto que tem como lema “Dar voz editorial a autores de palmo e meio”.

 

Parabéns Casa da Árvore porque os vossos pequenos autores foram grandes.

 




Dobra Literat Artes Design

 

— CHAMADA DE TRABALHOS —

Nº 4 (novembro 2019)
Palavra-problema: Lugares

Até os pássaros, consoante os lugares,
vão sendo muito diferentes.
João Guimarães Rosa
 
Encontra-se aberto, até 20 de julho de 2019, o prazo para envio de resumos/propostas para o nº 4 da revista Dobra, na forma de textos, imagens, ou trabalhos multimédia, de acordo com os parâmetros definidos para as colaborações (vide COLABORAR −“Orientação aos Autores”).
A relação das artes, da técnica, da escrita, da pedagogia e do conhecimento com os lugares tem marcado sucessivas discussões e projetos, atravessando tradições e áreas disciplinares. É assim, pelo menos, desde o século XVIII.
 



 

Anunciamos o nº 3 da Revista Dobra (disponível em http://www.revistadobra.pt/), revista online com a nossa chancela, bem como o seu "Desdobramento" no próximo número ( nº 4, Novembro de 2019), que terá como subtítulo «Literatura Artes Design»:

Dobra

«Com vista a uma cada vez maior internacionalização do conhecimento, a Dobra contará, na Comissão Editorial e Científica, com colaboradores do Rio de Janeiro e de São Paulo, nunca fechando a possibilidade de novas conexões.

Por fim, o espaço digital da revista abrir-se-á a linguagens artísticas que, não dependendo da «palavra» como matéria-prima, com ela coabitam na forma humana de fazer mundos.»